Sitio ArqueológicoUNESCO

Sítio arqueológico de Delfos

Sítio arqueológico de Delfos – Em épocas antigas, era o local dos Jogos Píticos e de um famoso oráculo (o oráculo de Delfos), que ficava dentro de um templo dedicado ao deus Apolo.

Delfos é uma moderna cidade grega muito conhecida por seu sítio arqueológico, que foi declarado Patrimônio Mundial pela UNESCO. Em épocas antigas, era o local dos Jogos Píticos e de um famoso oráculo (o oráculo de Delfos), que ficava dentro de um templo dedicado ao deus Apolo, elaborado por Trofônio e Agamedes. Delfos era reverenciado por todo o mundo grego como o omphalos, o centro do universo.

Sítio Arqueológico de Delfos

Sítio Arqueológico de Delfos

Situado na Grécia, no que foi a antiga cidade chamada Delfos (que hoje já não existe), no sopé do monte Parnaso, nas encostas das montanhas da Fócida, a 700 m sobre o nível do mar e a 9,5 km de distância do golfo de Corinto. Durante mais de 15 séculos, do nascimento ao fim da cultura grega antiga, o Oráculo de Delfos, ou templo de Apolo, serviu como local onde os peregrinos vindos das mais diversas latitudes do mundo helênico consultavam as pitonisas, as sacerdotisas oraculares, para saber qual o seu destino, da sua família ou da sua pátria.

20141122_112455

Sítio Arqueológico de Delfos

Delfos tornou-se um dos lugares sagrados mais venerados pelos gregos, sendo que suas previsões e predições tiveram enorme repercussão nos destinos de reis, de tiranos e de muita outra gente famosa daqueles tempos.

Sítio Arqueológico de Delfos

Sítio Arqueológico de Delfos

No Oráculo de Delfos, as sacerdotisas de Apolo (Pitonisa) faziam profecias em transes. As respostas e profecias ali obtidas eram consideradas verdades absolutas. Hoje, suspeita-se que os transes e visões das sacerdotisas eram provocados por gases emitidos por uma fenda subterrânea no local, o que torna interessante a análise, sendo que, o divino manifesta-se por explicações simples e plausíveis ao terreno mundano, desta forma, por mais que os transes fossem gerados por gases físicos, não deixava de ser um instrumento físico para a manifestação da divindade. Veja mais peças do Museu de Delfos neste LINK.

Sítio Arqueológico de Delfos

Sítio Arqueológico de Delfos

O Oráculo de Delfos era dedicado principalmente a Apolo e centrado num grande templo, ao qual vinham os antigos gregos para colocar questões aos deuses. Para medir com exatidão o centro do mundo, Zeus soltou duas águias em lugares opostos da terra. O vôo das duas se cruzou acima de uma pedra perto do monte Parnaso, e Zeus determinou que ali seria o ônfalos, o umbigo do mundo, local aonde as suas mensagens e conselhos divinos chegariam às pessoas.

Sítio Arqueológico de Delfos

Sítio Arqueológico de Delfos

A região era dominada por uma cobra gigantesca, a Píton, e foi Apolo quem se ofereceu para derrota-la, num combate fabuloso. Os restos dessa cobra foram enterrados embaixo de onde se ergueu o templo de Apolo, no golfo de Corinto, conhecido como Oráculo de Delfos.

Sítio Arqueológico de Delfos

Sítio Arqueológico de Delfos

“O Senhor cujo oráculo está em Delfos não fala nem oculta, apenas dá um sinal”, Heráclito de Éfeso.” Sonhos e oráculos são compreendidos, quase sempre, no dia em que se realizam.” Heliodoro.

Até a próxima!

 

Post anterior

Grécia na Copa do Brasil

Próximo post

Ícaro

Virna Lize

Virna Lize

Sou brasileira e moro na Grécia desde 2008. Tenho como objetivo mostrar para todos que visitar a Grécia é possível, desde que tenha um bom planejamento. Organizo viagens para este maravilhoso país através de Roteiros Personalizados, além de oferecer serviço de Acompanhamento.

Comentários do Facebook


1 Comentário

  1. 30 de novembro de 2015 as 11:58 — Responder

    Adorei seu post! Parabens!

    Eu tenho tanta saudade deste lugar que vira e mexe me pego pesquisando e lendo a respeito!
    Fiz inclusive uns videos sobre Atenas, Olimpia e Delfos:
    https://youtu.be/2lrezxyFWwI
    https://youtu.be/o0uMeJWvt70

    abcs

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *