Brasileiros na GréciaIlhas CícladesMilos

Marcelo na ilha de Milos

Este post foi escrito pelo carioca Marcelo Antonio Martins,ele nos conta como foi sua viagem a sua ilha preferida, Milos. Numa narrativa simples e clara de entender aproveitem as dicas e admirem as belas paisagens tirada por ele na ilha da Afrodite!

Marcelo na ilha de Milos

Por onde começar a falar da minha ilha preferida em toda  a Grécia: Em 2012 fiz uma viagem com a minha esposa de 50 dias pela Europa e nenhum lugar me deixou tao feliz como Milos!Vamos ao que interessa, se vocês tem 3 dias inteiros, no primeiro dia, provavelmente vão chegar quase às 10h e caso se hospedarem no hotel Dionysis,  o Senhor Petros ou o seu filho vai buscá-los no porto, apesar que o hotel é bem perto. A primeiríssima coisa a fazer é alugar um carro para explorar Milos bem e com agilidade, pois existem poucas linhas de buzu, além de demoradas e que não vão a todos os lugares.

Marcelo na ilha de Milos

Ano passado procurei bastante e sinceramente aconselho a procurar  uma locadora que faça o Full Insurance without excess, que vem a ser cobertura total sem franquia, regra esta que vale para qualquer locação no exterior, mas não é fácil achar, tanto que desta vez eu não consegui achar, então busque a que possui a menor franquia, consegui uma de 200 euros, fujam de locadoras que não tem franquia, vocês arcam com todo o prejuízo!

Marcelo na ilha de Milos

Com o carro alugado e o mapa na mão até no máximo 13 horas, comam algo na maravilhosa padaria que fica na esquina da rua do hotel com a rua do porto ou então na cada de gyro pitta do outro lado da rua e caiam na estrada, vejam para onde está soprando o vento, se não tiver nenhum forte, sorte a de vocês!!!! Se tiver rumem para a área protegida, todas estas informações o seu Petros te fornece, nunca vi um dono de hotel mais simpático e prestativo que ele, para confirmar minha opinião é só ler as opiniões do booking e do trip advisor.

Marcelo na ilha de Milos

Dia da chegada: Recomendo fazer um reconhecimento das praias da ilha, com roupa de banho, água mineral e biscoitos Papadolpulos no carro (maravilhosos!!!!), comecem pela praia mais exótica da ilha, Sarakiniko e só não recomendo se estiver um vento norte forte.

Marcelo na ilha de Milos

Totalmente formada por cinza vulcânica, parece que estarão curtindo uma paisagem lunar, é muito lindo e ao mesmo tempo muito doido!Tirem bastante fotos e explorem toda a área, os “vizus” mais lindos são por detrás dos morros que ladeiam a pequena prainha de mármore.

Marcelo na ilha de Milos

Depois, como anoitece bem tarde, vão para Provatas(comum, mas bem agradável), depois Firiplaka, que tem uma pequena estrutura de barracas e é bem agradável, sendo que depois da pedra que divide a praia ela se torna uma praia de nudismo não obrigatório, mas que tem rochas coloridas lindas, vale muito uma andada.

Marcelo na ilha de Milos

E não deixem de ver a minha praia preferida em toda a Grécia, a minha amada Tsigrado, uma pequena praia que fica a esquerda de Firiplaka, quando estiver no caminho para esta antes de começar a descer vire a esquerda( tomem cuidado com os caminhões gigantes pois Milos é uma área de mineração).

Marcelo na ilha de Milos

Esta praia é uma verdadeira pintura, se chegar cedo, por volta das 8 horas vai ter ela somente para você por umas 2 horas, é só encarar a corda e descer, assusta no início mas confie em mim, pois é fácil, é só ter atenção e não dar bobeira, tenho filmado todo o trecho.

Marcelo na ilha de Milos

Ao anoitecer vão diretamente para o porto para garantir vaga no passeio de barco, na minha humilde opinião, vão direto ao comandante Elias, do Oneiró boat, disparado o melhor passeio, os outros são grandes escunas que não param direito para banho, no Kleftiko que é a coisa mais impressionante de Milos eles passam ao lardo e o comandante Elias te leva por dentro das grutas com um bote inflável, sem comparação!!!!

Marcelo na ilha de Milos

Procure fazer o passeio o mais rápido que puder pois ele necessita de condições especiais de vento que mudam com muita frequência,é bom garantir logo.O melhor lugar para deixar o carro é no estacionamento que fica em frente ao supermercado Carrefour na rua paralela ao hotel na direção contraria ao porto.

Marcelo na ilha de Milos

Para jantar, em Milos é possível comer maravilhosamente bem e barato, como na maioria da Grécia, nem tanto em Mykonos nem Santorini, aconselho um restaurante típico grego com nome de mulher em frente ao porto, peguem a dica com o filho do seu Petros, o Dionisis, ele sabe tudo, e para uma massa divina, na rua do hotel indo para o porto tem uma restaurante que sempre está rolando um jazz e um blues que tem um rango bbb fantástico, o dono é um grego super gente fina já morou no Brasil em Jeri, figuraça, quando souberem que são brasileiros irão ficar amarradões .

Marcelo na ilha de Milos

Primeiro dia inteiro: Espero que consigam fazer o passeio neste dia, dependendo do vento o barco sai do porto ou da praia de Paleochori, é mais bonito saindo do porto passando pelas cavernas de Skia, porém se estiver o vento norte forte façam com o comandante Elias por Paleochori passando por Gerontas, que também é muito legal.Não caiam no erro de fazer o passeio com outras pessoas com o vento norte indo pelo porto, senão será vocês e o Raul em todo o trajeto.

Marcelo na ilha de Milos

Em Agosto se via uma pequena placa de passeio de barco para nadar no Kleftiko por 2 horas, ele saía de um pequeno ancoradouro às 11h e retornava às 15h, maravilhoso!!!Caso não role este passeio elejam uma praia que tenham gostado e esteja protegida e curtam o dia, na minha humilde opinião a melhor é Tsigrado disparado e depois Firiplaka.

Marcelo na ilha de Milos

Segundo dia inteiro: Considerando que fizeram o passeio de barco e estão extasiados com o Klefitko, aconselho a acordar cedo pegar uma praia de 8:30 até às 10:30 em Firiplaka, Tisigrado ou em Provatas mesmo, no próprio caminho para Provatas, saindo da estrada, antes de descer em direção a praia, seguindo na estrada em uma subida.

Marcelo na ilha de Milos

Chegando perto da hora do por do sol com 1 hora e meia de antecedência rumar para o povoado de Plaka e curtir o por do sol de dentro do velho Kastro(castelo), maior vizu!

Marcelo na ilha de Milos

Terceiro dia inteiro:Faça tudo do mesmo jeito que gostou ou passe na colorida e pitoresca vila de pescadores de Klima e se quiser visite o sítio arqueológico das catacumbas romanas e mais praia!!!!! Eu ficaria repetindo estes programa por todo o verão feliz da vida

Marcelo na ilha de Milos

Ultimo dia: Meu ritual de despedida de Milos é sempre o mesmo, desprezo o café da manha neste dia, tomo depois no barco, acordo bem cedo com tudo arrumado no dia anterior e me mando umas 07 horas para Tsigrado, que ainda estará sem sol na areia, é só nadar até o sol aparecer, fico geralmente sozinho com aquele paraíso(ano passado mandei até um peladão rsrsrs…) somente para mim até as 8:50 volto, devolvo o carro na locadora tomo um banho e pego uma carona com o senhor Petros para o porto trasbordando de felicidade.

Marcelo na ilha de Milos

Dicas de segurança: Como já havia falado, Milos apesar de ser um verdadeiro paraíso na Terra é uma área de mineração intensa, cuidado com os caminhões gigantes passando a toda, principalmente na estrada para Tsigrado( a mina principal fica ao lado).Como todo paraíso tem suas sinistralidades, Milos é lar das víboras mais temidas de todo o Egeu, Já fui 3 vezes, já circulei de montão e nunca vi nenhuma, mas não se engane elas estão lá, a dica que me deram é que elas nunca vão para a areia, ou seja nunca tem víbora na praia, mas evite a todo custo fazer trilhas onde há mato ou mesmo  somente pedras, ande só em caminhos existentes, estradas e praias, não arrisque.

Marcelo na ilha de Milos

A ilha de Milos foi o principal posto naval de piratas devido a sua posição geográfica, na encruzilhada entre o Oriente e o Ocidente, oferecendo abrigo seguro, com suas inúmeras enseadas (Sarakiniko, Kleftiko etc) e, principalmente, seu porto seguro, Pollonia, com três saídas de emergência, (entre Milos-Ypolivos, Ypolivos-Kimolos e Kimolos-Milos).Lá eles vendiam os seus despojos, eles compravam comida, faziam reparos e passavam o inverno, alguns deles também casavam com mulheres de Milos Em períodos em que as grandes forças navais dominam o Mar Egeu a pirataria ficava reprimida (como Atenas século V. aC, Rhodes século II. aC, Roma século 1 a 3. dC, Bizâncio século 6 a 11 dC, Veneza século 12 a 15. DC ). No entanto, em períodos de quedas de força naval e em tempo de guerra, ela florescia e dominava.”

Todas as fotos e texto com  direitos reservados a Marcelo Antonio Martins, sendo proibido qualquer tipo de uso, seja  para  fins publicitários ou comerciais.

Ate a próxima! 🙂

Post anterior

Viajando pela Grécia

Próximo post

Brasileiro no Monte Olimpo

Virna Lize

Virna Lize

Sou brasileira e moro na Grécia desde 2008. Tenho como objetivo mostrar para todos que visitar a Grécia é possível, desde que tenha um bom planejamento. Organizo viagens para este maravilhoso país através de Roteiros Personalizados, além de oferecer serviço de Acompanhamento.

Comentários do Facebook


8 Comentários

  1. 28 de setembro de 2014 as 18:36 — Responder

    Adorei o texto.Super esclarecedor e me deixou com muita vontade de ir a Milos na próxima viagem à Grécia.Valeu Marcelo Antonio.Um abraço.

  2. 29 de setembro de 2014 as 20:52 — Responder

    Valeu Anastácia!

  3. 29 de setembro de 2014 as 20:54 — Responder

    Somente complementando a dica dada, este passeio de 2 horas para nadar no Kleftiko, sai de um ancoradouro isolado que fica seguindo a estrada numa subida passando pela praia de Provatas na direção contrária da estrada principal, vale muito!!!

  4. Nivea
    10 de junho de 2016 as 18:46 — Responder

    Olá Marcelo, adorei sua dica sobre o passeio de barco… Porém não estou conseguindo localizar o site da Oneiró boat para fazer a minha reserva. Você consegue me passar?

  5. Brigyda
    8 de setembro de 2016 as 00:44 — Responder

    Olá, Marcelo!
    Tudo bem?!
    Com tanta experiência e vivência em Milos, por favor, você poderia me dizer qual o melhor lugar para se hospedar? Onde teremos bons acessos a passeios, restaurantes, etc.
    Muito obrigada!

    • Virna Lize
      10 de setembro de 2016 as 17:18 — Responder

      Se hospede no centro, na pousada do Petros.

  6. Juliana
    27 de dezembro de 2016 as 16:57 — Responder

    Olá. Eu não dirijo e possível fazer Milos sem carro?

    • Virna Lize
      1 de janeiro de 2017 as 20:50 — Responder

      Ola Juliana
      Sim, ha ônibus locais na ilha.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *