Acrópoles de AtenasAtenasBrasileiros na GréciaEginaHydraPorosTurismo no Inverno

Malta e Grécia por dois brasileiros

Malta e Grécia por dois brasileiros é um texto criado por Thiago Crocco e Virna Lize Mitrogiannis, para mostrar que é possível visitar Atenas partindo da ilha de Malta. Primeira parte do texto é escrito pelo Thiago Crocco, meu amigo e um apaixonado pela ilha de Malta:

Thiago Crocco em Malta

Thiago Crocco em Malta

” Minha paixão por História, antiguidade, línguas, fez com que anos atrás eu começasse a pesquisar sobre a Ilha de Malta. Naquela época em 2002 o país ainda não fazia parte da União Europeia e somado ao fato de ter a Libra Maltesa como moeda, tão forte quanto a Libra Esterlina, fez com que eu desistisse de visitar o arquipélago.

Thiago Crocco em Malta

Thiago Crocco em Malta

Para quem nunca ouviu falar de Malta aqui alguns detalhes:
1 – Localiza-se ao sul da ilha italiana da Sicília e Norte da África no Mar Mediterrâneo (Não, não faz parte da Itália)
2 – Formada pelas ilhas de Malta, Gozo e Comino.
3 – Línguas oficiais Maltês e Inglês.
4 – Possui uma população de quase 500.000 habitantes.
5- Aderiu a União Europeia em 2008 além do Euro como moeda.

Thiago Crocco em Malta

Thiago Crocco em Malta

Malta tem uma história riquíssima devido sua posição geográfica, o país teve a dominação e influência de vários povos : Fenícios, Cartagineses, Romanos, Bizantinos e por último a Inglaterra onde deixou a língua inglesa como herança.

Thiago Crocco em Malta

Thiago Crocco em Malta

Com clima Mediterrâneo, o país tem sol 300 dias por ano, além do clima, a procura por cursos de Inglês tem atraído muitos brasileiros e outros europeus. O país foi a última colônia britânica, tornando-se independente em 1964. Malta é uma alternativa mais barata se comparada aos destinos tradicionais como Inglaterra, Canadá, EUA, Austrália e Nova Zelândia e mantêm os mesmos padrões de ensino dos países mencionados.

Thiago Crocco em Malta

Thiago Crocco em Malta

Algumas curiosidades:
1. Serviu de set de filmagem para o filme do Popeye de 1980(www.popeyemalta.com), no fim das filmagens a produtora ia desmontar o cenário, mas a população local impediu transformando-o num parque temático.
2. Serviu também para locação dos filmes: Gladiador, O Conde de Monte Cristo, Guerra Mundial Z, Tróia.
3. A língua Maltesa é a única de origem semítica que se escreve com o alfabeto latino.
4. Dirigir do lado direito é outra herança da colonização inglesa.
5. Malta possui 3 locais considerados Patrimônio da Humanidade pela UNESCO, são eles: Cidade de Valleta.
7.Templos Megalíticos localizados em Malta e Gozo (a segunda maior ilha) e Ħal Saflieni Hypogeum cemitério subterrâneo abaixo do Grande Porto de Valleta localizado na cidade de Paola.

Thiago Crocco em Malta

Thiago Crocco em Malta

Passei 10 dias memoráveis em Malta onde conheci lugares fantásticos, paisagens lindas e históricas. Outro detalhe, tem uma área de apenas 316km² sendo possível conhecer o país em poucos dias. Saia do clichê conheça Malta. É possível estender a viagem pegando um ferry boat para Sicília. Não existe voo direto do Brasil, mas existem várias conexões dos principais aeroportos europeus.

Thiago Crocco em Malta

Thiago Crocco em Malta

Aqui relaciono as TOP 10 coisas para se fazer em Malta:
1. Cathedral de São João (http://stjohnscocathedral.com).
2. Andar pelas fortificações de Valleta.
3. Tour de barco pelo Grande Porto de Valleta (www.maltesewatertaxis.com).
4. Visita ao Malta War Museum (www.maltaatwarmuseum.com).
5. Lascaris War Rooms (www.lascariswarrooms.com).
6. Mdina conhecida como cidade sileciosa, foi a primeira capital de Malta.
7. Conhecer a Mdina Cathedral e o Museu (http://mdinacathedral.com/).
8. Hal Saflieni Hypogeum (http://heritagemalta.org/museums-sites/hal-saflieni-hypogeum/).
9. Mnajdra and Hagar Qim (http://heritagemalta.org/museums-sites/).
10. Fazer mergulho. Considerada um dos melhores lugares para mergulho na Região do Mediterrâneo.

*Malta tem voos (http://www.airmalta.com/) de no máximo 2h para os principais aeroportos europeus. Paris (CDG), Roma (FCO), Amsterdam (AMS), Atenas (ATH). 
Facebook  do Thiago Crocco: https://www.facebook.com/ThiagoCrocco
Flickr do Thiago Crocco: www.flickr.com/photos/tcrocco 
Grupo de Malta: https://www.facebook.com/groups/letsgomalta/?fref=ts

– Virna, o que os meus amigos, que moram em Malta, podem  conhecer na Grécia em um final de semana?”

Virna Lize na Grécia

Virna Lize na Grécia

Quando Thiago Crocco entrou em contato comigo, perguntando se é possível conhecer Atenas em um final de semana, minha mente agiu rápido e logo sugeri um mini cruzeiro , onde é possível conhecer três ilhas em um dia só, e um roteiro bem elaborado para aproveitar as poucas horas do outro dia em Atenas. Lógico que a Grécia merece vários dias, mas a idéia desse post está relacionada com os estudantes brasileiros que moram em Malta, que não podem faltar aulas e também para aqueles que trabalham durante a semana e só tem um final de semana. Sim,é possível conhecer um pouco da Grécia em um final de semana!

Passeio em 3 ilhas gregas: hydra, Poros e Egina.

Passeio em 3 ilhas gregas: hydra, Poros e Egina.

A dica é chegar em Atenas na sexta feira a noite e no outro dia fazer o mini cruzeiro em três ilhas. Esse passeio é fantástico, começa às 8 horas da manhã e termina às 19 horas no porto de Pireus. Está tudo incluso, transfer do hotel até o porto, almoço, e músicas e danças típicas durante todo o passeio.

Ilha de Hydra

Ilha de Hydra

Primeira parada: A ilha de Hydra, que segundo a mitologia, a Hidra de Lerna era um monstro de nove cabeças, irmã de Medusa, e foi morta por Hércules. Geograficamente localizado entre Poros e Spetses, esta é uma das mais pitorescas ilhas gregas e que pertence ao grupo de Sarônica.

Ilha de Hydra

Ilha de Hydra

A principal cidade se distingue com as elegantes mansões de pedra construídas nas encostas de uma colina ao redor do porto e da vida noturna cosmopolita. Este porto, é o lugar mais romântico para tomar uma boa bebida à noite ou um jantar em muitos restaurantes. Nas ruas de Hydra, os burrinhos andam calmamente levando turistas e moradores para um passeio agradável pelas ruelas floridas da ilha. Vale lembrar, que nessa ilha é possível circular apenas, motos e carros da limpeza. Sendo proibido qualquer outro tipo de veículo.

Ilha de Poros

Ilha de Poros

Segunda parada : A ilha de Poros, consistia em duas ilhas na antiguidade, Sphería e Kalávria, mas a última explosão do vulcão Methana,em 273 a.C, mudou radicalmente a morfologia da área. Sphería foi cortada de Methana, e desta forma Poros tomou sua forma atual.

Ilha de Poros

Ilha de Poros

Na praça Korizi está o Museu Arqueológico de Poros, que é aberto ao público diariamente, exceto às segunda feiras. No local se encontram mostras descobertas que retomam da época micênica e romana, além das escavações do Templos de Poseidon, a Antiga Troezene , as Tumbas Reais de Magoulas e ainda pode ser visto os maravilhosos afrescos Partheni.

Ilha de Hydra

Ilha de Hydra

E terceira e última parada: A ilha de Egina é um dos destinos turísticos mais populares, pois está apenas a 50 minutos de barco do porto de Pireus. Foi a ilha que mais tivemos tempo para visitar, duas horas de passeio. De acordo com o mito, a ilha tomou o nome de uma ninfa, filha do deus do rio Asopos, a quem Zeus se apaixonou e levou com ele para a ilha.

Ilha de Egina

Ilha de Egina

A pequena ilha possui um grande número de pontos turísticos e belezas naturais, o destaque do lugar éo famoso Templo Archea, que constitui um triângulo equilátero com o Parthenon e o Templo de Poseidon em Sounio, o chamado “triângulo sagrado” da antiguidade. O templo de Athena Archea do 500 a.C está bem perto de Agia Marina , é o monumento mais importante de Egina.

Psirri, bairro de Atenas

Psirri, bairro de Atenas

Para a noite: Chegada no porto de Pireus às 19h e a dica é para curtir a noite em um dos bairros mais charmosos de Atenas, Psirri. Para quem não conhece o bairro, dificilmente vai acreditar que alguns metros depois tudo se transforma, as pichações viram obras de artes e as tavernas, que não são poucas, acendem as luzes ao entardecer, fazendo desse bairro um dos mais belos para se visitar a noite.

Psirri, bairro de Atenas

Psirri, bairro de Atenas

Psirri é um bairro pequeno, todo resumido em volta de uma praça, de uns tempo para cá anda se destacando muito em Atenas. Procurado principalmente por aqueles que desejam sentir uma atmosfera típica das pequenas cidades gregas.

Acrópoles de Atenas

Acrópoles de Atenas

O último dia em Atenas fica por conta de conhecer a Acrópoles e seus bairros arredores: Plaka, Monastiraki, Thissio e Sintagma. Atenas, capital da Grécia, é o centro da vida econômica, política e cultural. Berço de grandes pintores e filósofos da antiguidade, Atenas desempenhou um papel vital no desenvolvimento da democracia, hoje é um dos lugares mais procurados por turistas do mundo inteiro.

Acrópoles de Atenas

Acrópoles de Atenas

O que pode ser visto em Atenas em um dia:
1- Visita a Acrópoles.
2- Visita ao Museu da Acrópoles.
3- Visita ao Estádio Olimpico Panatinaiko.
5-Visita ao Templo de Zeus e Arco de Adriano.
6- Andar pelo bairro do Plaka, o bairro turístico da cidade, especialmente na rua Adrianou.
7- Andar pelo bairro Monastiraki, o bairro famoso pelas lojinhas de souvenir e mercado das Pulgas.
8- Andar pel Praça Sintagma, onde está o Parlamento Grego.
9- Visitar a Universidade de Atenas e a Biblioteca Nacional.
10-Visitar o Jardim Nacional de Atenas
11-Visitar o Museu Benaki na Av. Vassilias Sofia.

Suvlaki em Atenas

Suvlaki em Atenas

E a última dica é que não saiam de Atenas sem antes de experimentar o delicioso suvlaki, conhecido como sanduíche grego! Feito com carne de porco, batatas fritas, tomates, molho de iogurte, tudo isso enrolado em um pão árabe. Simplesmente delicioso!

É isso! Afirmo que vale a pena conhecer sim! Seja em um final de semana ou em mais alguns dias a minha amada Grécia!

Obrigada pela participação Thiago Crocco!

Ate a próxima! 🙂

 

Post anterior

Edson Tiago na Grécia

Próximo post

Edson Tiago em Nafpaktos

Virna Lize

Virna Lize

Sou brasileira e moro na Grécia desde 2008. Tenho como objetivo mostrar para todos que visitar a Grécia é possível, desde que tenha um bom planejamento. Organizo viagens para este maravilhoso país através de Roteiros Personalizados, além de oferecer serviço de Acompanhamento.

Comentários do Facebook


13 Comentários

  1. Iris
    16 de janeiro de 2016 as 00:31 — Responder

    Eu tb tenho interesse nesse passeio.
    Como se faz pra ir pra Atenas desde Malta?

  2. Mara Veloso
    21 de fevereiro de 2016 as 22:31 — Responder

    Virna, vou passar dois meses em Malta e fico liberada 30/12/2016 e gostaria de passar o final do ano na Grecia posso ficar 10 dias , gostaria da sua sugestão se nessa época vou poder aproveitar .
    malurvel@hotmail.com
    Mara Veloso

  3. 21 de abril de 2016 as 12:37 — Responder

    Oi Virna,
    Muito maneira suas dicas, adorei!!!
    Quero mt conhecer a Grécia e, como irei sozinha, quero contratar estes passeios com vc e, acompanhamento.
    Se eu esperar alguma amiga pra ir comigo, vou somente no ano de São Nunca kkkkkkkk!!!
    Me passe por favor, mais informações, como podemos combinar td!
    Tb vou aproveitar pra conhecer Malta!

    Obrigada.
    Abç.
    Alda

  4. vyrginia da cruz rodrigues
    27 de junho de 2016 as 17:08 — Responder

    Quanto sairia essa viagem com o mini cruzeiro? Como seria a logística do passeio saindo de Malta? Trata-se de alguma empresa específica que faça esse roteiro?

  5. Karen
    26 de agosto de 2016 as 14:07 — Responder

    Virna tudo bem?

    Adorei o seu blog, eu vou fazer um intercambio em malta de 3 meses começo em maio de 2017, com certeza vou precisar de sua ajuda para visitar a Grecia.
    Saindo de Malta eu consigo pegar o barco pra chegar na Grécia, ou só por aéreo pela Cia airmalta? Fora Athenas, eu consigo visitar outros lugares na Grécia? como no final de semana é bem corrido, vou me programar p visitar o país mais de uma vez!
    Fico no aguardo
    Obrigada

    • Virna Lize
      28 de agosto de 2016 as 17:16 — Responder

      Ola Karem
      Obrigada pelo contato. Vc chega em Atenas via aéreo e num final de semana vc pode conhecer Atenas e fazer um mini cruzeiro visitando 3 ilhas gregas com saídas diárias. Me envie um email que te explico melhor – umabrasileiranagrecia@gmail.com

  6. jacira Assmann
    21 de dezembro de 2016 as 17:55 — Responder

    Virna tudo bem?

    Adorei o seu blog, eu minha neta fazeremos um intercambio em malta de 3 semana começo em 23/01 de 2017, com certeza vou precisar de sua ajuda para visitar a Grecia.
    Saindo de Malta eu consigo pegar o barco pra chegar na Grécia, ou só por aéreo pela Cia airmalta? Fora Athenas, eu consigo visitar outros lugares na Grécia? como no final de semana é bem corrido, vou me programar p visitar o país mais de uma vez!
    Fico no aguardo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *