AtenasBrasileiros na GréciaEntrevistasVídeos

Tânia Pioli e José Carlos na Grécia

Tânia Pioli e José Carlos na Grécia – Uma aventura única e maravilhosa! É neste post, que conto para você, como foi o dia mais importante para mim na Grécia.

Tânia, Jose Carlos e Virna Lize na Acropolis

Tânia, Jose Carlos e Virna Lize na Acropolis

Tudo começou a alguns meses atrás, quando o José Carlos ( ele me proibiu de usar “Sr”) entrou em contado comigo querendo saber como é Atenas para cadeirante. O que ela pode oferecer de acessibilidade, não digo nem conforto, mas apenas o que é de direito. Pela primeira vez eu não sabia o que responder em um email. Eu poderia inventar mil desculpas, mas por fim respondi apenas isso:
” Não sei…mas podemos descobrir juntos.” Estava certa que nunca mais ouviria falar desse casal. Mas no outro dia chegou mais um email deles, me passando as datas de chegada e deixando na minha mão toda a responsabilidade dos dias que eles ficariam na Grécia. Na hora senti um certo “receio”, mas tudo que eu poderia oferecer para eles, estava na mão da nossa Grécia,e então eu estava certa que tudo daria certo.

Tânia e Jose Carlos em Atenas

Tânia e Jose Carlos em Atenas

E chegou grande dia, e passamos o dia todo passeando por Atenas, a pé, em formas de leves caminhadas.
Tânia Pioli não nasceu paralitica, mas aos 30, uma doença imunológica,fez com que ela perdesse as forças nas pernas e hoje ela precisa se locomover somente com a cadeira de rodas.

Tânia e Virna Lize no museu Acropolis

Tânia e Virna Lize no museu Acropolis

Nossa primeira parada foi no novo Museu Acrópolis, e o museu está de parabéns pela acessibilidade! Com rampas e elevadores, o passeio foi super tranquilo!

Tânia subindo na Acropolis

Tânia subindo na Acropolis

O meu receio era a Acrópolis, como todos sabemos, ela fica no alto, tanto que se chama cidade alta, mas fomos com a cara e a coragem. Eu já tinha me informado que tem um elevador especial para cadeirantes, então a nossa maior dificuldade foi somente o percurso até a Acrópolis. O casal sentiu falta de uma ciclovia especial, pois os paralelepípedos não ajudavam na subida, mas mesmo assim chegamos no alto.

Tânia e Jose Carlos na Acropolis

Tânia e Jose Carlos na Acropolis

Na hora de comprar os ingressos, a fila estava enorme e eu fui na frente de todos comprar os ingressos e algumas pessoas fizeram cara feia, eu não entendo bem de leis para pessoas especiais, mas não seria direitos deles comprarem os ingressos na frente de todos? A vendedora me atendeu na hora e foi muito simpática, sinal que eu não estava errada de chegar na frente. O casal ganhou a entrada franca, portanto, cadeirantes e acompanhantes não pagam para entrar na Acrópolis.

Tânia e Jose Carlos na Acropolis

Tânia e Jose Carlos na Acropolis

Para chegar até o elevador, também é super tranquilo.
E chegamos na tão sonhada Acrópolis! Para mim, foi um dos acontecimentos mais importante em toda a minha vida. Aprendi muito com esse casal. A Tania tem uma alegria que irradia todos que estão por perto. Ela me disse que tinha dois caminhos para escolher, o das lágrimas ou dos sorrisos, e ela preferiu sorrir! Ela realmente ri de tudo! Gargalha quando o carrinho quase desce direto no meio de Plaka, gargalha quando chega no Parlamento Grego e não acha rampas, mas mesmo assim sobre e tira fotos com o soldado grego!

Tânia e Jose Carlos no Parlamento Grego

Tânia e Jose Carlos no Parlamento Grego

A única dificuldade que tive nesse passeio,foi de ter que ficar calada, quando via certas pessoas fazendo cara feia, principalmente nas filas e no Parlamento Grego. Mas graças a Deus, encontramos pessoas boas pelo caminho e isso fez com que nosso dia fosse inesquecível!

Confira nesse vídeo o exato momento da subida da Tânia na Acrópolis.
Foi realmente um dia especial! Obrigada Tânia e José Carlos!!

Até a próxima! 🙂

Post anterior

Entrevista com Rosangela Eleutheriou

Próximo post

Dicas de Restaurantes na Grécia

Virna Lize

Virna Lize

Sou brasileira e moro na Grécia desde 2008. Tenho como objetivo mostrar para todos que visitar a Grécia é possível, desde que tenha um bom planejamento. Organizo viagens para este maravilhoso país através de Roteiros Personalizados, além de oferecer serviço de Acompanhamento.

Comentários do Facebook


Nenhum Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *