Brasileiros na GréciaGRECIAIlhas CícladesSantoriniSitio ArqueológicoUNESCO

Thira Antiga – Trilha em Santorini

Thira Antiga – Trilha em Santorini  – Fiz uma trilha bem bacana numa dessas minhas viagens para Santorini. Divido com você neste post!

Igreja Panagia Kafetiani

Igreja Panagia Kafetiani

Minha idéia inicial era só visitar uma pequena igreja que está cravada no meio da Montanha Mesa Vounó, em Perissa. Chegando lá me empolguei e  fui até o sítio arqueológico Thira Antiga. Foto tirada pela fotógrafa Bianca Ramos lá do hotel em que estávamos hospedadas.

Thira Antiga

Thira Antiga

Santorini (Σαντορίνη), chamada oficialmente Tira (em grego: Θήρα) e Tera na Antiguidade, é uma ilha no sul do mar Egeu, a cerca de 200 quilômetros a sudeste da Grécia continental. É a maior ilha de um pequeno arquipélago circular que leva o mesmo nome e é o resto de uma caldeira vulcânica. O conjunto de ilhas forma o membro mais ao sul do grupo de ilhas Cíclades, com uma área de aproximadamente 73 quilômetros quadrados e uma população estimada em 2011 em 15 550 habitantes.

Perissa

Perissa

Minha trilha para Thira Antiga começou a partir de Perissa, para mim, um dos lugares mais bacana para se hospedar, devido à sua praia de pedrinhas pretas e de águas transparentes e quentes!  No local existem excelentes tavernas que servem peixes frescos e também boas pousadas.

Perissa - Igreja Panagia Kafetiani

Perissa – Igreja Panagia Kafetiani

Olhando para o alto nesta foto, você consegue entender o porque do meu fascínio em chegar naquele pontinho branco! Numa altura de 200 metros está uma pequena igreja, porém grande na sua história. A igreja Panagia Katefiani (Παναγιά  Κατεφιανή) serviu de abrigo na época da guerra, a palavra katefio significa abrigo!

Inicio da Trilha a partir de Perissa

Inicio da Trilha a partir de Perissa

Então vamos começar a nossa trilha! Minha caminhada começou às 8h da manhã, de boné, protetor e com uma garrafinha de água lá fui eu! Logo no início da trilha tem um ponto para subir a trilha de burrinho, mas estava determinada a subir caminhando devagar, sem pressa!

Neste ponto, você escolhe que caminho deseja seguir.

Neste ponto, você escolhe que caminho deseja seguir.

Meia hora depois já estava bem próximo a igreja Panagia Katefiani, achei muito legal esta parada! Daqui você pode escolher o caminho da igreja ou subir para a Thira Antiga,visitar o sítio arqueológico de Santorini. Eu fui para a igreja mais importante de Santorini!

Igeja Kafetiani

Igeja Katefiani

Uns minutos depois chego na igreja dos meus sonhos! Sim, desde que conheci a vila de Perissa, sempre tive vontade de subir até lá, apesar de ter perdido as contas das vezes que fui para Santorini, infelizmente nunca tive tempo para esta trilha. Fiquei um bom tempo sobre a igreja olhando para uma das vistas mais linda de Santorini e agradecendo a Deus, por esta oportunidade de está na ilha que amo e realizando mais um sonho na Grécia!

Seguindo para Thira Antiga

Seguindo para Thira Antiga

Na hora de voltar para Perissa, decidi seguir para cima, onde a outra trilha ia me levar na Thira Antiga, o local exato da Antiga Santorini! Aí sim eu posso dizer que estava quase no meu limite! A trilha de subida era muito íngreme e minha água tinha acabado, estava super cansada, mas a vontade maior era de continuar e depois de quase uma hora, finalmente cheguei!

Vista de Kamari a partir de Thira Antiga

Vista de Kamari a partir de Thira Antiga

A vista é fantástica aqui de cima! Tem dois lados para admirar: Uma do lado de Kamari e outra de Perissa. Nesta foto estou na parte de Kamari,com vista para o aeroporto e o todo o litoral de Santorini! Não tem como não amar Santorini!

Vista para Perissa

Vista para Perissa

E nesta foto o lado de Perissa! Fantástico! Recomendo muito esta trilha, mas tem que ter pique e joelho sadio! 🙂

Thira Antiga

Thira Antiga

O SÍTIO ARQUEOLÓGICO DE THIRA ANTIGA
Depois da erupção vulcânica no século 17 a.C. que enterrou a cidade de Akrotiri nas cinzas, a ilha permaneceu deserta por centenas de anos. No início do século 8 a.C., colonos dóricos de Esparta liderados por Theras se estabeleceram na ilha e fundaram a cidade que levou o seu nome em uma colina estrategicamente situada, naturalmente fortificada e com vista para o mar.

igreja na Thira Antiga

igreja na Thira Antiga

Ruínas da igreja de Agios Stefanos (São Estefano) construída no período bizantino.

Ruínas de Thira Antiga

Ruínas de Thira Antiga

AS RUÍNAS DE THIRA
As ruínas são compostas de templos como o de Apolo Karneios, Heroa, Edifícios Públicos, Teatro, Agora, etc., tudo com um excelente sistema de drenagem. A área residencial e a maior parte dos cemitérios foram escavados por arqueólogos alemães entre 1895 e 1902.

Santuários aos deuses gregos

Santuários aos deuses gregos

SANTUÁRIO DOS DEUSES EGÍPCIOS
Outro santuário existente nas ruínas de Thera é aquele dedicado aos deuses egípcios. Durante o período helênico, houve receptividade a novos deuses, cultos e adoração a divindades orientais e egípcias que se espalhou no território grego. Em Thera, os deuses egípcios Serapis, Ísis e Anubis foram aceitos em 3 a.C. e seu culto foi rapidamente integrado na vida religiosa pública e privada dos habitantes da ilha. Hoje, ainda restam vestígios dos nichos para oferendas de um lado e um banco para a colocação de estátuas de culto no outro.

Thira Antiga por Uma Brasileira na Grécia

Thira Antiga por Uma Brasileira na Grécia

O sítio arqueológico de Thera Antiga pode ser visitado de acordo com os seguintes horários de funcionamento:
– Inverno (1 de novembro a 31 de abril): terça a domindo, de 8h00 às 15h00
– Verão (1 de abril a 31 de outubro): 8h00 às 15h00
– Segunda-feira: fechado
Entrada: 2 euros

Um pouco da minha ida num dos lugares mais alto de Santorini!

Até a próxima! 🙂

Post anterior

Navágio Beach - A Praia mais linda do mundo

Próximo post

Fotógrafo de casamento em Santorini

Virna Lize

Virna Lize

Sou brasileira e moro na Grécia desde 2008. Tenho como objetivo mostrar para todos que visitar a Grécia é possível, desde que tenha um bom planejamento. Organizo viagens para este maravilhoso país através de Roteiros Personalizados, além de oferecer serviço de Acompanhamento.

Comentários do Facebook


3 Comentários

  1. Cassia
    2 de setembro de 2016 as 12:28 — Responder

    A cada publicação minha vontade de ir conhecer a Grécia aumenta… Mas tenho medo da língua e por onde começar a viagem….. Tenho certeza que é um lugar fantástico.

    • Virna Lize
      2 de setembro de 2016 as 12:43 — Responder

      Ola Cassia
      Nao tenha medo! Conheço pessoas q não fala nada de inglês e vieram e amaram!

  2. 3 de setembro de 2016 as 16:10 — Responder

    Me parece super bacana

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *