AtenasBrasileiros na GréciaDicas na GréciaGRECIAIlhas CícladesSantorinisantoriniTurismo no Inverno

Viajar sozinho para a Grécia

Viajar sozinho para a Grécia é um post feito especialmente para turistas que estão em dúvida se vale a pena viajar só para um dos lugares mais lindo do mundo, conhecido até como lugar ideal para lua de mel.

Viajar sozinho

Abaixo alguns motivos em que os turistas ficam com receio de viajar sozinho para a Grécia.

1- “Não sei falar grego e nem inglês! Que faço?”- Na minha opinião isso não é motivo para não viajar sozinho para a Grécia, porque hoje em dia temos a internet que facilita muito a comunicação, e também os gregos fazem de tudo para entender os turistas, não importa que língua eles falam, mas vão dar um jeito de se entender! Na praça de Syntagma tem a operadora Vodafone, você pode comprar um chip de 15€ que tem internet para 30 dias.

Viajar sozinho

2-“Violência? “- Em tudo que lugar do mundo tem violência, mas na Grécia ainda não chegou ao ponto de ter assaltos – com revólveres- no meio da rua. O que você tem que fazer é cuidar da sua carteira e dos seus documentos, pois nos trens/metros e em lugares mais cheios, costuma ter pequenos furtos. Eu sempre ando com cópias de passaportes na bolsa e deixo o original no hotel quando viajo.

3-“Refugiados?” – Sobre os refugiados eu recebo muitos emails e volto a repetir, eles não fazem mal a ninguém! Só querem passar para outros países da Europa! Mas mesmo com a chegada deles na Grécia todos os dias, muitos turistas não vão vê los, pois eles chegam pelas ilhas de Lesbos , Kos e outros lugares fora da rota turística.

4-“Uma amiga teve problemas com um taxista. Isso acontece muito? – Sim. Alguns taxistas fazem golpes, tem que combinar valor antes e ficar atento no pagamento da corrida. Veja golpes com turistas na Grécia neste link e caso queira um transfer, envie um e-mail para umabrasileiranagrecia@gmail.com.

Atenas

5-“Me hospedei num lugar esquisito e fiquei com medo de sair a noite. E agora?” – Pois é e agora?!  Atenas tem quase 5 milhões de habitantes e próximo a área turistas tem bairros de imigrantes, portanto, ao encontrar um hotel ou hostel muito barato, pesquise antes pra ver se vale a pena. Muitas vezes o barato sai caro! Nas ilhas não existe este perigo, se hospede sempre nos centros principais das ilhas, para ter a facilidade de ter ônibus locais.

Viajar sozinho

6-“É fácil ir de Atenas para as ilhas? Vou saber fazer isso tudo sozinha?”- Sim! De trem, ônibus ou táxi, você chega no porto  Pireus e chegando lá você vai ver o navio da sua companhia. Vá um pouco mais cedo e leve o nome da cia e a passagem na mão, pergunte para o motorista do táxi, ou nos quiosques instalados na beirada do porto.Clique aqui “como chegar nas ilhas gregas.”

Viajar sozinho

Lembro de uma vez que uma senhora entrou em contato comigo, ela estava apavorada, pois tinha comprado o pacote pronto em uma agência e de repente se viu sozinha em Santorini. Ela não sabia por onde começar, o que fazer,pois nem dirigir sabia! Chamei pra conversar no whatsapp e aos poucos fui acalmando ela. Depois  perguntei o hotel em que estava e vi que próximo tinha a rodoviária ( isso é ótimo pra quem não quer alugar carro) e falei pra ela ficar tranquila porque estava num lugar seguro e expliquei como se locomover pela ilha pegando ônibus. Lembro da nossa conversa como se fosse hoje, porque ela me fez lembrar da época em que cheguei na Grécia,  sem saber grego e muito menos o inglês. Uma das frases que eu disse pra ela foi essa: ” Fique calma! Você está em Santorini! Se você se perder pelas ruelas daí, vai achar tão lindo que nem vai querer voltar pra casa!” Rimos! Depois de alguns dias, já no Brasil, me enviou uma mensagem de agradecimento.

A Grécia agradece  a todos turistas que chegam aqui, portanto, venha, mas venha sem medo!!!

Até a próxima!

 

Post anterior

O que ver na ilha de Milos

Próximo post

Mulheres viajando sozinhas para a Grécia

Virna Lize

Virna Lize

Sou brasileira e moro na Grécia desde 2008. Tenho como objetivo mostrar para todos que visitar a Grécia é possível, desde que tenha um bom planejamento. Organizo viagens para este maravilhoso país através de Roteiros Personalizados, além de oferecer serviço de Acompanhamento.

Comentários do Facebook


6 Comentários

  1. Cleonice Cezar Peixoto
    9 de fevereiro de 2017 as 21:40 — Responder

    Boa noite!.
    Corroboro tudo que a Virna disse!
    Estive em Julho/15 na Grécia por 15 dias ( Atenas, Peloponeso, Mikonos e Santorini) , fui só.Nao tive nenhum problema em me fazer entender, só com o português
    O povo grego é gentil, educado e interessado em ajudar ( além de muito bonitos). O país é fantástico e a comida fabulosa.
    Observei pouquíssimos pedintes, os quais suspeitei serem refugiados. Nem um momento me senti ameaçada.
    Entonce não percam a oportunidade de conhecer este lugar “Dos Deuses” literalmente.
    Cléo Cezar

  2. Celma Alves
    9 de fevereiro de 2017 as 22:16 — Responder

    Viajarei dia 14/07/2017, sozinha e não falo inglês, nem grego.
    Estou com medo, mas já está tudo comprado, menos transferi e ferry para as ilhas.
    Tentei comprar as passagens de ferry pela internet e não consegui

  3. Andressa
    9 de fevereiro de 2017 as 23:58 — Responder

    Sim, estive em Atenas e Santorini sozinha, mulher jovem..Rsrs num ponto de ônibus eu me comuniquei com gestos com um senhor de idade, que foi super solicito em me explicar com gestos onde eu comprava o ticket para o ônibus, pois eu falava inglês e ele não. Ônibus super fácil de compreender. Metro limpo, eficiente entendível, as moças dá estação onde compra o ticket te explicam tudo também. Usei o chip de 15 euros dá Vodafone comprei justamente saindo de um lanche na Praca Omonia, elas estavam de vermelho, e instalaram, configuraram, bem simples. E usei Google Maps online. Melhor coisa. Em Santorini baixei mala do Google também é usei Vodafone lá. Ótimo. Andei segurando bolsa é claro, tive abordagens na acropolis e Santorini, se eu era Italiana, mas nem respondia.. Só não dava trela e passava reto. Não dar conversa é bom!!! Os comerciantes amáveis. Maps online te ajuda a não errar, e não precisar perguntar. Achei até o LittleKook lá que é famoso é lindo, sonho! Certeza que voltarei, se for sozinha tudo bem, já me sinto em casa. Estudando grego agora. Como qualquer metropoli, vi que as vezes um ou outro cara olha pra vc sozinha, uns ficavam de olho na minha bolsa na frente, então só sentir confiança e desviar! Nada me ocorreu. E olha que meu hotel ficava a duas quadras dá Omonia, que falavam horrores dela. Mas claro que agora pegaria algo mais em Plaka.

  4. Fernanda
    10 de julho de 2017 as 21:18 — Responder

    Virna boa noite
    Irei visitar a Grécia ano que vem , é o meu grande sonho, estou pensando no mês de agosto. Não falo inglês e muito menos grego, vc acha agosto um bom mês e queria ver com vc sobre acompanhamento e planejamento de viagem. Obrigada

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *