EspartaPeloponeso

O que ver em Esparta na Grécia

O que ver em Esparta na Grécia é um post sobre uma importante e antiga cidade,contendo dicas do que ainda podemos encontrar nela.

Esparta ja foi a capital da Lacônia e uma das cidades gregas mais importantes, juntamente com Atenas e Tebas.

Virna Lize em Esparta

Uma Brasileira na Grécia 

Esparta foi uma das principais polis (cidades-estado) da Grécia Antiga. Situava-se geograficamente na região sudeste da Península do Peloponeso. Destacou-se no aspecto militar, pois foi fundada pelos dórios. O poder militar de Esparta foi extremamente importante nas Guerras Médicas (contra os persas). Uniu-se a Atenas e outras cidades para impedir a invasão do inimigo comum. O exército espartano foi fundamental na defesa terrestre (Atenas fez a defesa marítima) durante as batalhas.

Após as Guerras Médicas, a luta pela hegemonia no território grego colocou Atenas e Esparta em posições contrárias. De 431 a 404, ocorreu a Guerra do Peloponeso entre Atenas e Esparta, que foi vencida pelos espartanos.

 Mistras

O que ver em Esparta: 
Mistras: Foi uma cidade fortificada em Morea (hoje Peloponeso) sobre o monte Taigeto, perto da antiga Esparta, na Grécia. Encontra-se a cerca de 8 km a oeste da atual cidade de Esparta. Mistras foi a capital da região de Morea, um principado vassalo do Principado de Acaia, estabelecido em 1205 através da conquista de Constantinopla durante a Quarta Cruzada chamado de Despotado da Moreia. Em 1989 as ruínas (da fortaleza, palácio, igrejas e monastérios) foram declaradas Patrimônio Mundial da UNESCO.

 Museu do Azeite 

O Museu da Oliveira e do Azeite Grego : Exibe a cultura e a tecnologia em torno da produção do azeite, um campo que está totalmente ligada à Grécia, e na identidade geral do Mediterrâneo. Único na Grécia, o Museu está localizado no coração de Lakonia, uma das principais regiões produtoras de azeitona em nosso país. Link do museu: http://www.oliveoilmuseums.gr/

 Estátua do Leônidas em Esparta

Monumento do Leônidas: Leônidas I (em grego antigo: Λεωνίδας, significando “Filho de Leão) pertencia a dinastia ágida e foi rei e general de Esparta de 491 até a data de sua morte em 480 a.c., durante a batalha de Termópilas.  Foi antecedido por seu pai, o rei Anaxândrides II, e sucedido por seu filho Plistarco.

Menelaion

O Menelaion: Santuário construído na colina de Profeta Ilias, no sudeste de Esparta, situado na planície do rio Eurotas. De acordo com as escavações, a existência remonta 5 século a.C e contém oferendas votivas para Helen, que estão em exposição no Museu Arqueológico de Esparta.

Museu Arqueológico

O Museu Arqueológico : Foi projetado pelo arquiteto Katsaros, que afirmou ser “o primeiro Museu grego construído na cidade provincial (1874-1876)”. O estudo histórico de Esparta começa no final de 1720, quando Michel Furman (Michel Fourmont, 1690-1746), viajou ao redor da Grécia para estudar as inscrições, mas fazendo escavações arqueológicas. Em 1872, a Sociedade de Arqueologia enviou o arqueólogo Panagiotis Stamataki, para registrar os vários achados que foram espalhados em casas particulares e em toda a região. Dentro de dois anos, a coleção cresceu e se mudaram para o novo edifício do Museu Arqueológico.

Acropoles

A Acrópoles : O extenso local da antiga Acrópole está localizado ao norte da cidade moderna. A Acrópole consistia na antiga Ágora Romana, Templo de Atena Chalkionos, o Teatro, a igreja do Cristo Sovoir, o edifício cíclico e os restos de muitos outros elementos. Ao visitar as ruínas da Acrópole, você ainda pode ver os vestígios da glória de Esparta.

Sitio arqueológico

Sitio arqueológico : Em 1872, a Sociedade de Arqueologia enviou o arqueólogo Panagiotis Stamataki, para registrar os vários achados que foram espalhados em casas particulares e em toda a região. Em dois anos, a coleção cresceu e se mudaram para o novo edifício do Museu Arqueológico.

Santuário de Artemis Orthia

O Santuário de Artemis Orthia: Sítio dedicado  nos tempos clássicos de Artemis, foi um dos locais religiosos mais importantes da cidade-estado de Esparta. O culto da Orthia era comum nas quatro aldeias de Eparta (Limnai, onde está situado, Pitana, Kynosoura e Mesoa).

Até a próxima! 

 

Post anterior

Top 10 da ilha de Kefalonia

Próximo post

Mistras em Esparta

Virna Lize

Virna Lize

Sou brasileira e moro na Grécia desde 2008. Tenho como objetivo mostrar para todos que visitar a Grécia é possível, desde que tenha um bom planejamento. Organizo viagens para este maravilhoso país através de Roteiros Personalizados, além de oferecer serviço de Acompanhamento.

Comentários do Facebook


Nenhum Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *