ilhas DodecanesoRodesSem categoria

Uma Brasileira na ilha de Rodes

Uma Brasileira na ilha de Rodes é um post sobre a minha viagem na ilha de Rodes. Contém dicas do que ver e um passeio bem bacana de barco até Lindos! Confira abaixo! 🙂
Não lembro exatamente de como surgiu minha vontade de conhecer a ilha de Rodes, sei que conheci pessoas através do Facebook que, ao contarem suas viagens por esta ilha, me deixaram muito curiosa.Principalmente quando elas me contavam sobre uma grande cidade medieval e uma praia  linda que se chamava Lindos!

Ilha de Rhodes

Ilha de Rodes

A maioria das pessoas que me conhecem, sejam amigos ou apenas colegas virtuais, sabem da minha vontade louca de conhecer vários lugares da Grécia e no início desse ano eu criei uma meta, que para mim, foi fundamental para que tudo tenha saído tao certo. Um dos itens da minha meta seria conhecer Rodes assim que terminasse o verão grego e com muito trabalho e persistência consegui fazer essa viagem.

Indo para Rhodes

Uma brasileira na ilha de Rodes

Assim que cheguei no aeroporto, fui informada de que só haveria voos para a ilha dentre de dois dias. ” Como assim? Só daqui a dois dias?” Estava tudo planejado, eu teria trabalho no dia seguinte ao meu retorno a Atenas. Ouvi uns passageiros,que também estavam indignados, falando de como chegaria a Rodes, e ouvi a palavra” karavi” (navio), e decidi nessa hora, que seria desse jeito que iria para Rodes e fui!

Mar Egeu

Mar Egeu

Pedi cancelamento do voo e fui direto para o porto de Pireus, o navio partiria as 18h e eu cheguei 17:30 . Viajar de Atenas para Rodes de navio, não é nada fácil, muito cansativo, são exatamente 15hs de viagem. Pedi uma cabine e tentei dormir todo o percurso. Impossível! Mas eu estava tão feliz que nada me tiraria a minha alegria, nem as duas velhinhas, que estavam na mesma cabine e não paravam de falar durante toda a madrugada!

Beira-mar do centro de Rhodes

Beira-mar do centro de Rhodes

Fiquei hospedada num hotel simples, próximo a praia de Elli e assim que desci no porto de Rodes fui caminhando até o hotel. A vista do porto é tão fantástica que quando eu me deparei com o local, que é conhecido como lugar onde se estava a grande estátua do Colosso eu realmente me emocionei. No centro de Rodes há ônibus para todos os locais turísticos da ilha, portanto, para quem está viajando sozinha e não pensa alugar um carro, é o melhor local para se hospedar.

Rhodes

Ilha de Rodes

25 de Setembro – O dia ficou por conta do centro da ilha. Graças à sua posição estratégica , Rodes tem sido importante desde os tempos antigos. A antiga cidade da ilha, cuja construção começou em 407 a.C, foi projetada pelo maior urbanista da antiguidade, Hippodamus de Mileto. Rhodes logo tornou-se um dos centros marítimos e comerciais mais importantes no Mediterrâneo Oriental.

Cidade Medieval de Rhodes

Cidade Medieval da ilha de Rodes

Mas em 1309,  os Cavaleiros de São João de Jerusalém conquistaram Rodes. Eles construíram enormes fortificações  para proteger a ilha, transformando-a em uma importante cidade medieval. Em 1523, foi conquistada pelos turcos otomanos, e os gregos tiveram que se contentar em morar fora das muralhas da cidade. Durante a ocupação otomana, os novos edifícios foram construídos dentro da Cidade Velha, principalmente mesquitas e casas de banhos. Em 1912, Rodes e as outras ilhas do Dodecaneso, foram apreendidos pelos italianos. Os novos governantes embelezou a cidade com edifícios magníficos, estradas largas e praças.

Palácio do Grande Mestre

Palácio do Grande Mestre

O Palácio do Grande Mestre foi reformado e a rua dos Cavaleiros foi reconstruída, a fim de recuperar a sua atmosfera medieval. Finalmente em 1948 Rodes tornou-se oficialmente parte da Grécia. Em 1988, a Cidade Medieval de Rodes passou a fazer parte como Patrimônio Mundial da UNESCO.

Passeio de barco Doukinissa

Passeio de barco DoukissaBoat

26 de Setembro – No segundo dia fui conhecer um dos pontos turísticos mais importante da ilha: Lindos. Para chegar em Lindos, existe três maneiras: táxi, ônibus locais e barcos. Optei pelo passeio de barco, pois pegaria toda a costa norte da ilha, passando por belas praias e a parada em lindos era de 3 horas, tempo suficiente para tomar banho e visitar a famosa Acrópoles de Lindos. Eu recomendo o passeio DoukissaBoat, feito por uma família maravilhosa, que trabalham todos juntos e felizes!

Aldeia de Lindos

Aldeia de Lindos

A aldeia de Lindos  preservou toda a sua simplicidade arquitetônica! As casas são brancas, de telhados vermelhos  e muitas flores espalhadas por toda a aldeia.Para subir ate a Acrópoles de Lindos, podemos ir de burrinho ou a pé, o que foi o meu caso. Era impossível não se surpreender com a beleza das ruelas feitas com pedrinhas de praias, com as casas, igrejas, lojinhas de artesanatos e vários comércios vendendo o famoso suco de laranja de Lindos.

Acropoles de Lindos

Acropoles de Lindos

A acrópoles de Lindos foi construída sobre uma rocha íngreme de 116 m, com uma vista espetacular do mar. Segundo a tradição, o templo de Athena   foi fundado por Danaus, que veio para a ilha com suas 50 filhas para escapar da fúria da deusa Hera.

Navio esculpido na Acrópoles de Lindos

Navio esculpido na Acrópoles de Lindos

Logo na chegada à Acrópoles tem um navio esculpido na pedra, datado em 280 a.C, uma indicação do poder naval da Rodes antiga. Na proa havia uma estátua do General Agesander, esculpida por Pythokritos. O primeiro código naval, o famoso “Código Naval Rhodian”, de direito internacional é um dos documentos jurídicos mais importantes do mundo e foi escrito em Rodes. O imperador Antonio escreveu: Nós podemos governar o mundo, mas o Código Rhodian governa os mares!

Ilha de Rhodes

Ilha de Rodes

Impossível não se apaixonar pela ilha, seja qualquer hora do dia, ela é realmente bela! No final do passeio à Lindos, uma paisagem de tirar o fôlego na chegada no centro de Rodes. Aqui é o local onde tinha a estátua do  Colosso de Rodes,que foi  construída entre 292 a.C. e 280 a.C. pelo escultor Carés de Lindos. A estátua tinha trinta metros de altura, 70 toneladas e era feita de bronze. Tornou-se uma das sete maravilhas do mundo antigo. Clique Aqui para saber mais sobre a estátua.

Templo de Apolo

Uma brasileira na ilha de Rodes – Templo de Apolo

27 de Setembro – Na parte da manhã do terceiro dia ficou por conta de conhecer o Templo de Apolo e a tarde a famosa aldeia de Kalythies. Posicionado na borda ocidental da cidade, no topo da colina de Agios Stefanos, a Acrópole de Rodes e o seu imponente templo de Apolo, domina a vista. Ao contrário da maioria das antigas acrópoles, essa não foi fortificada. Ela consistia em uma área monumental, com santuários, grandes templos, edifícios públicos e locais de culto. Clique nesse link que você vai conhecer tudo sobre o Templo de Apolo.

Faliraki

Faliraki – praia linda da ilha de Rodes

Kalythies – Faliraki: Fica a 16 km da cidade de Rodes. Nessa área encontra-se um dos mais belos e maiores resorts do litoral da ilha com excelentes infra-estruturas turísticas e vida noturna agitada. A área é famosa por seus hotéis de todas as classes que variam de grandes resorts para pequenas e amigáveis ​​pousadas, de gestão familiar.

Uma Brasileira na Grecia

Uma Brasileira na ilha de Rodes

28 de Setembro – Ultimo dia em Rodes. Meu vôo para Atenas estava marcado para às 18h, eu teria uma boa parte ainda para curtir a ilha, pensei em visitar o lugar das famosas borboletas de Rodes, conhecidas internacionalmente como Petaludes, mas não fui. Eu poderia ter ido em outros lugares mais afastado da ilha, mas eu não fui. Estava melancólica, como uma grande vontade de ficar  mais dias na ilha. Desde o início da viagem eu sabia que seria diferente, tinha certeza que eu sentiria a ilha, não apenas como uma turista, mas também como uma moradora local. Encontrei com o pessoal do barco para um almoço e aconteceu algo muito bonito. Uma menina especial, na faixa de 12 anos, se aproximou da mesa e abraçou todos que estavam ali, em especial num rapaz, que estava acompanhado por sua noiva. Ela o olhava com admiração e carinho, depois deu um abraço bem apertado nele e disse: ” Eu te senti.” Quantas pessoas tem coragem de dizer essas palavras? Aquele anjinho teve e foi uma cena deliciosa de ver!

Viajar para Rodes sozinha foi um aprendizado fantástico e eu posso dizer que abracei e também senti a ilha, de uma forma gostosa e inesquecível! Que venham mais viagens!!

Mais fotos Aqui! Ate a próxima! 🙂

Post anterior

Hubertus e seu amor pela Filosofia Grega

Próximo post

Batalha de Salamina

Virna Lize

Virna Lize

Sou brasileira e moro na Grécia desde 2008. Tenho como objetivo mostrar para todos que visitar a Grécia é possível, desde que tenha um bom planejamento. Organizo viagens para este maravilhoso país através de Roteiros Personalizados, além de oferecer serviço de Acompanhamento.

Comentários do Facebook


7 Comentários

  1. 30 de setembro de 2015 as 19:51 — Responder

    Que delicia de lugar! Deu pra perceber que você curtiu muito a ilha.

  2. Hanna
    7 de outubro de 2015 as 02:44 — Responder

    Oi Virna! Que legal que vc foi a Rodes! Vou agora em novembro e troquei Mykonos por Rodes, mas já estou triste por ter poucos dias na ilha. Uma coisa me preocupou, vc disse no post que chegou no aeroporto de Atenas e a companhia simplesmente cancelou o voo, é isso mesmo? Qual companhia era?

    • Virna Lize
      7 de outubro de 2015 as 07:30 — Responder

      O cancelamento foi devido a uma chuva forte. Voce vai amar Rodes!! Boa viagem!!

  3. Hanna
    24 de outubro de 2015 as 01:56 — Responder

    Ahh que bom! Tomara que o tempo colabore comigo! hehe Obrigada! Só mais uma pergunta. Vc sabe onde eu posso encontrar os horários de ônibus para Lindos e para o Aeroporto?

    • Virna Lize
      4 de junho de 2016 as 18:08 — Responder

      Na rodoviária que fica na Praca de Rhodes tem os horários.

  4. Isabela
    4 de junho de 2016 as 17:57 — Responder

    Olá, se fosse para vc escolher entre Creta ou Rodes, com qual ficaria?

    • Virna Lize
      4 de junho de 2016 as 18:08 — Responder

      Ola Isabela
      Ficaria com Rhodes. Foi amor a primeira vista. 🙂

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *