Dança Grega

Eu Amo as Danças Gregas

Eu Amo as Danças Gregas por tudo que ela representa aqui na Grécia! Nessas minhas pesquisas pelas danças gregas descobri muitas coisas interessantes. Descobri que cada região tem seu estilo, antes achava que era tudo uma coisa só.  Descobri que o a dança Sirtaki nasceu do filme o zorba e que ela foi feita apenas para aquele filme, mas de tudo o que mais me intrigou nessas minhas pesquisas sobre dança, foi uma, o carnaval.

Virna Lize

Virna Lize

Alguém aqui sabia que o carnaval nasceu na Grécia? Carnaval é uma festa que se originou na Grécia em meados dos anos 600 a 520 a.C.. Através dessa festa os gregos realizavam seus cultos em agradecimento aos deuses pela fertilidade do solo e pela produção. Passou a ser uma comemoração adotada pela Igreja Católica em 590 d.C.. É um período de festas regidas pelo ano lunar no cristianismo da Idade Média. O período do carnaval era marcado pelo “adeus à carne” ou do latim “carne vale” dando origem ao termo “carnaval”. Continue lendo sobre carnaval aqui.

O que mais posso dizer sobre as danças gregas? Foram semanas de muitas pesquisas, de muitas noites sem dormir, pois queria muito passar para vocês a incrível arte de dançar dos gregos, de festejar, de chorar, de sofrer, de gritar e de sorri. A forma como eles tem pra demonstrar tudo isso vem da dança. E isso contamina a gente de uma tal forma, que fica até mesmo difícil de explicar, essa foto que está aqui tem um significado muito especial, inclusive ela foi a minha maior inspiração pra falar da dança grega. Essa foto foi tirada pelo meu marido, eu estava na ponte do Canal de Korinthos e estava pensando nos meus pais, amigos e na minha terra natal. Pensando no meu Brasil, estava realmente com muita saudade, uma saudade que me apertava o coração e de repente eu escuto um “tamram” aquele barulinho excitante e envolvente..”tam ram”…”tam ram”..e esse “tam ram taramram”..foi entrando no meu coração de uma tal forma que eu realmente, juro, que comecei a dançar ali, no meio da ponte e a minha filha que estava comigo dizia, ” mãe pára!!” mas eu não conseguia parar, quanto mais o “tantaramram” entrava no meu corpo, mas eu dançava, aquela dor que eu sentia até então diminui de uma tal maneira que até hoje fico querendo entender o que aconteceu comigo naquele dia. Eu dancei “zorba na ponte do Canal de Korintos e isso, isso ninguém vai tirar de mim.Eu tenho a minha história com a dança Zorba e desejo que todos vocês que acompanharam as postagens, as histórias e rica cultura da Grécia, que acima de tudo, amam a Grécia também tenham.

Você poderá gostar também:

A Arte da dança Grega
Danças típicas Gregas
Danças Gregas- Sitarki
Danças Populares Gregas
Dança Tsifteteli
Eu Amo as danças Gregas

Até a próxima! 🙂

 

 

Post anterior

Dança Tsifteteli

Próximo post

Danielle e Andreas em Milos

Virna Lize

Virna Lize

Sou brasileira e moro na Grécia desde 2008. Tenho como objetivo mostrar para todos que visitar a Grécia é possível, desde que tenha um bom planejamento. Organizo viagens para este maravilhoso país através de Roteiros Personalizados, além de oferecer serviço de Acompanhamento.

Comentários do Facebook


Nenhum Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *